Aprendizado colaborativo: definindo o padrão com o Trello

Aprendizado Colaborativo

Para o professor de iniciação ao cálculo, Rik Rowe, trazer a tecnologia à sala de aula parecia um passo lógico. Seus alunos do colegial já usavam constantemente seus aparelhos, então por que não levar a aula à um lugar onde eles já estão conectados?

Divisão baseada em padrões

Rik descobriu o Trello como uma maneira ideal para centralizar o fluxo de trabalho da sua aula. Como ele diz, “nossa classe é um espaço de aprendizado colaborativo, e o Trello também”.

A sala de aula do Rik é um ambiente de aprendizado com base em padrões, e cada cartão do Trello é o padrão segundo qual os alunos avaliam o que eles aprenderam. No aprendizado baseado em padrões, os currículos são separados em conceitos fundamentais. Os alunos devem necessariamente dominar esses conceitos para avançar para o próximo.

Os alunos são adicionados ao cartão da Trello no qual eles estão trabalhando, e o cartão passa pelo processo de “Aprendendo”, “A ser avaliado”, e “Avaliado”. O Rik anexa trabalhos, questões para a discussão, e prazos de entrega para que os alunos no cartão correspondente possam usá-lo como referência para recursos e cronograma.

“Posso estabelecer que esse é o nosso período de avaliação, esses são nossos objetivos, e esse foi o progresso”, explica Rik. “O Trello mostra onde estamos em cada etapa ou resultado, e onde está o aluno nesse processo.”

Discussão fora da sala de aula

Rik explica que um dos elementos mais essenciais do Trello é o espaço centralizado onde ele pode colaborar com sua turma. “Antigamente, nunca existiu uma plataforma que os professores pudessem compartilhar com seus alunos, e porque não?”

No quadro do Trello que ele faz para cada turma, os alunos podem usar o quadro como fórum para fazer perguntas não só ao Rik, mas também aos outros alunos da turma. Muitas vezes, ele descobre que os alunos respondem às perguntas dos outros antes que ele mesmo possa respondê-las.  Usando a seção “Atividade” do cartão, cartão, as discussões ao redor daquele padrão vão e voltam usando a funcionalidade @mencionar.

Aprendizado Colaborativo

Uma plataforma para o aprendizado

Aprendizado Colaborativo

Um dos maiores benefícios para o Rik tem sido a habilidade de fornecer uma perspectiva de alto nível a seus alunos sobre o que eles estão aprendendo. Em vez de só pular de lição para lição, os alunos podem ver o processo através do qual eles digerem o material. Ensinar uma matéria como iniciação ao cálculo, por exemplo, requer uma base de conceitos que precisa ser construída antes da próxima ser atacada. Os alunos podem percorrer o quadro do Trello e ver facilmente o caminho feito de uma lição para a próxima, e podem ver o que segue.

“O Trello me permite, como professor, ter uma plataforma onde posso ter nossas lições, nosso programa, nosso fluxo, e nossos padrões, e além de tudo, meus alunos também têm tudo isso.”

Você está usando o Trello na sua escola? Adoraríamos ouvir sua história! Conte-nos no Twitter, no Facebook, ou nos comentários abaixo.