<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=44935&amp;fmt=gif">

Como transformar o Trello em um bug tracker com o Power-Up do Marker

bug tracker

Seja para construir um site para um cliente ou aperfeiçoar um aplicativo, os bugs eventualmente aparecerão. É inevitável.

A questão, portanto, não é "como reduzir a quantidade de bugs?", mas "como solucionar os bugs o mais rápido possível?" Para isso, você precisa de duas coisas:

1 - Um processo de bug tracking: para coletar, organizar, rastrear e processar os bugs.

2 - Um relatório de erros: para registrar, documentar e resolver bugs rapidamente.

E é aí que o Marker e o Trello entram em cena. Vamos começar pelo primeiro passo.

Configure seu Bug Tracker em menos de 3 minutos

Muitas ferramentas de bug tracker, por aí, são complexas demais pois exigem diversas personalizações e demandam muito de sua equipe. E, assim, o Trello entre em ação, criando toda uma dinâmica de colaboração.

Com três camadas verticais (quadro, lista e cartão) e duas horizontais (labels e membros) para organizar relatórios, você tem o suficiente para configurar um poderoso bug tracker.

Dica: configure sua ferramenta bug tracker com o Trello para ter uma estrutura similar ao do exemplo a seguir:

  1. Relatado pela equipe.
  2. Relatado pelos clientes (opcional: perfeito para agências).
  3. Aceito
  4. Em progresso.
  5. Para ser validado.
  6. Concluído

quadro bug tracking

Para agilizar o processo, sinta-se à vontade para usar o nosso template!

E um dos grandes diferenciais do Trello é a habilidade de filtrar os seus cartões por etiquetas.

Para quem trabalha com bug tracking, essa categorização funciona muito bem:

  • Crítico
  • Principal
  • Mínimo
  • Trivial

bug tracker

Os tons de cores foram escolhidos para representar o nível de gravidade do bug relatado.

Em seguida, assim que o seu quadro foi configurado, certifique-se de convidar sua equipe (e clientes) para o seu quadro. Isso tornará o processo de relatar bugs mais fácil para todos.

Agora, é hora de criar alguns cartões!

Introduzindo o Marker: como relatar bugs em segundos

Seja para relatar um probleminha visual, um erro de digitação ou uma página desconfigurada, os bugs são fáceis de comunicar quando você anexa um elemento visual a eles. O problema é que a maioria das ferramentas de screenshot não é projetada para relatórios profissionais.

Essa carência no setor foi o que impulsionou o Marker, uma poderosa ferramenta de relatório de bugs, para o Trello.

Dependendo da maneira como você gosta de trabalhar, é possível usar o Marker para anexar screenshots em seus cartões Trello de duas maneiras:

  1. Anexe os screenshots dentro do seu cartão Trello (Power-Up).
  2. Faça o screenshot de um site e envie-o a um cartão Trello.

Veja como ambos os métodos funcionam:

Método 1: Power-Up! Anexe seus screenshots no cartão Trello

Para começar, ative o Marker Power-Up no seu quadro do Trello. Para obter ajuda nesta parte, leia este documento auxiliar!

Assim que seu Power-Up estiver configurado, você será capaz de anexar qualquer screenshot sem a necessidade de sair do Trello. Basta clicar no botão "Marker", no seu cartão, e começar a anexar o que quiser.

3-power-up-iframe

Todas as capturas de tela serão convertidas, automaticamente, em um lindo formato nos seus cartões.

Se você precisa ter uma visão panorâmica de todas as suas telas capturadas, é possível navegar pelo seu histórico de marcadores selecionando a opção "Ver todos os screenshots".

marker bug tracker

Para quem prefere criar relatórios diretamente do site em que estão trabalhando, o Marker oferece outra opção.

Método 2: envie suas capturas de tela diretamente para o Trello

Esta opção é muito simples, bastando capturar a tela, adicionar anotações a ela e clicar no botão "Criar cartão"!

Aqui, o Marker assume a responsabilidade por criar um novo cartão Trello, anexar seu screenshot e incluir os dados técnicos necessários para a análise de sua equipe.

Veja como fazer isso na prática:

Etapa 1: configure sua conta do Marker

Primeiramente, você deve possuir uma conta no Marker para criar cartões Trello fora da plataforma. Registre-se e teste a versão gratuita para, então, acessá-lo da sua conta Trello.

Etapa 2: capturando um screenshot

Se, alguma vez, você já fez anotações em um screenshot (ou tem saudades do bom e velho Paint), isso tudo parecerá muito familiar para você.

Clique na extensão do navegador e use a ferramenta de anotação. No exemplo abaixo, a solicitação de correção foi feita com uma simples seta e texto explicativo.

bug tracker

Etapa 3: crie cartão no Trello

Para enviar um relatório de erro na plataforma do Trello, você precisa selecionar o local em que você deseja que apareça o seu cartão Trello. Encontre a quadro do seu bug tracking e a lista selecionada a partir do exemplo abaixo:

bug tracker

Vale saber que o Marker irá se lembrar, automaticamente, de suas listas e quadros favoritos, não sendo necessário inseri-los a todo momento.

E, dependendo do nível de detalhes que você necessita em seus cartões, você pode adicionar mais conteúdo em suas capturas de tela. Basta clicar no botão "Add more " e o Marker irá recuperar os membros da equipe e as etiquetas de qualquer quadro:

bug tracker

Alguns desenvolvedores não permitem o relatório de bugs a menos que os resultados obtidos e os esperados estejam bem detalhados. Se é este o seu caso, basta ativar o modelo de relatório de bug pré-definido e começar a preencher uma descrição bem estruturada.

bug tracker

A descrição será automaticamente convertida pelo Markdown em seu cartão Trello.

E, após definir qual quadro e lista você deseja usar, e adicionar o conteúdo adicional (opcional), basta clicar no botão "Create Card" do Marker.

Maker Power-Up

Assim, sua captura de tela será anexada automaticamente a um novo cartão Trello.

Etapa 4: verifique seus relatórios de bugs no Trello

Quando você envia screenshots para o Trello com o Marker, uma notificação do navegador confirmará que seu cartão foi criado com sucesso.

Clique na notificação para ver o seu cartão Trello recém-criado. Aqui está um exemplo de um relatório de bug bem documentado com o Marker (veja como fica professional – além de ser muito bem visto pelos seus superiores também!).

Trello e Maker

Esse cartão Trello tem todas as informações necessárias para que sua equipe entre em ação:

  • O cartão está na lista e quadro corretos.
  • O cartão tem sua devida prioridade (a partir do uso de etiquetas).
  • O bug é atribuído a um membro da sua equipe.
  • A captura de tela está anexada.
  • Os resultados esperados e obtidos estão documentados.
  • As informações técnicas do navegador estão incluídas.
  • A URL em que a captura de tela foi feita está na descrição.
  • O bug tem um prazo para ser cumprido.

E o melhor: tudo isso foi criado com agilidade e sem a necessidade de logar no Trello nem ficar mudando de um app para outro. Sucesso!

Lide ainda melhor com bugs

Seja qual for o seu campo de atuação, relatar bugs não será mais algo desafiador em sua rotina.

Pelo contrário: gerentes de projeto, testadores e designers poderão fazê-los, a partir de agora, sem enlouquecer e com muito mais produtividade!

Por isso, configurar um quadro no Trello com função de bug tracker, e combiná-lo com o Marker para criar relatórios eficientes, vai facilitar muito a sua vida.

Afinal de contas, dessa maneira, você e sua equipe passarão a relatar e processar bugs com muito mais agilidade!