<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=44935&amp;fmt=gif">

Como recuperar a motivação no trabalho com projetos paralelos

como recuperar a motivação no trabalho

O que o Gmail e o Grinch têm em comum? O segundo provedor de e-mail mais utilizado no mundo e os clássicos livros do Dr. Seuss começaram como projetos de paixão — projetos paralelos que recebiam tempo e atenção especial para frutificar. É isso mesmo, se a Google e a editora Houghton Mifflin não tivessem abraçado os interesses de seus funcionários, o mundo seria um lugar muito diferente hoje.

Todos temos essas “ideias malucas” que ficam nos perturbando lá no fundo da mente. Porém, a menos que você tenha muita, muita sorte, seu trabalho geralmente não se alinha com esses interesses. Talvez você seja um engenheiro de software que secretamente quer escrever um livro. Ou um designer gráfico que quer falar espanhol fluentemente.

Quando você trabalha pelo menos 40 horas por semana fazendo algo que não é sua paixão, pode ser fácil sentir falta de de motivação no trabalho e sofrer da síndrome de burnout com sintomas constantes de cansaço.

Então, como recuperar a motivação no trabalho nessa situação? Mas, em vez de abandonar o barco em busca do emprego dos sonhos, aprenda com a experiência do criador do Grinch, o escritor Ted Seuss Geisel, e busque como encontrar satisfação no trabalho atual por meio de projetos paralelos relacionados às suas paixões. Você não apenas vai saber como recuperar a motivação no trabalho, mas vai trabalhar com mais produtividade. Aí nem segura!

Não deixe seus projetos paralelos de lado

Quase 2 décadas atrás, Amy Wrzesniewski, professora da Yale School of Management, e seus colegas realizaram um estudo sobre como encontrar satisfação no trabalho, com o foco em uma equipe de limpeza em um hospital universitário. 

Alguns funcionários enxergavam seu trabalho como um meio com um fim em mente: eles faziam o que era pedido para receber um salário, mas tinham falta de motivação no trabalho. Alguns funcionários, no entanto, consideravam seu trabalho altamente significativo.

Sabe a diferença? O segundo grupo de funcionários realizava tarefas que não estavam na sua descrição de emprego, como passar tempo com os pacientes que pareciam chateados ou acompanhar visitantes até seus carros. Eles tomavam iniciativa e adicionavam tarefas e interações extras que para eles eram interessantes e traziam alegria.

Esses funcionários da equipe de limpeza tomaram uma abordagem criativa e pró-ativa com suas tarefas, algo que os pesquisadores chamaram de “aprimorar o trabalho”. Eles pegaram o que era mundano e encontraram uma maneira de incorporar suas paixões e interesses. E valeu a pena: entenderam como recuperar a motivação no trabalho. Os funcionários que se esforçavam para aprimorar o trabalho eram mais felizes e desempenhavam melhor do que aqueles que não executavam esse processo.

projetos paralelos

As empresas notaram essa tendência e criaram programas com a intenção de dar a seus empregados tempo para trabalhar em seus projetos paralelos, encontrando equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Por exemplo, a Apple criou a Blue Sky para dar aos funcionários selecionados 2 semanas para se concentrarem em projetos paralelos, e a Microsoft tem The Garage, um espaço para funcionários construírem seus próprios produtos usando os recursos da Microsoft.

Aprimorar o trabalho não se limita apenas à indústria da tecnologia. Pesquisas sugerem que professores que nutrem suas próprias paixões, dentro e fora da sala de aula, são mais bem-sucedidos em cultivar uma mente criativa entre seus alunos. Faz sentido. Afinal, J.K. Rowling e Albert Einstein foram professores que claramente se beneficiaram de poder ir atrás de suas paixões em projetos paralelos.

Como recuperar a motivação no trabalho encontrando os projetos paralelos perfeitos 

Ter a liberdade de trabalhar em algo que você realmente ama, no meio do expediente, pode parecer bom demais para ser verdade. E, se você está se imaginando fazendo bolos ou brincando com gatos no trabalho, abra um café com o tema de gatos e não olhe para trás.

como encontrar satisfação no trabalho

Antes de seguirmos em frente, vamos esclarecer 2 coisas sobre projetos paralelos de paixão:

  1. Não abuse do conceito. Isso não libera você para encher o calendário com todos os seus hobbies e interesses. Sempre priorize suas principais responsabilidades e atingir seus objetivos de vida. (Se quiser uma ajudinha, esse recurso sobre estabelecer metas com o método dos OKRs é demais!)

  2. Seu projeto de paixão não deve substituir o trabalho que contrataram você para fazer. Não tente eliminar seu papel atual assumindo mais projetos de paixão. Não é assim que se coloca em prática como recuperar a motivação no trabalho.

Para ajudar você a identificar o projeto paixão certo que você deve desenvolver no trabalho, aqui estão 3 perguntas que vão ajudar: 

  1. Seu projeto de paixão complementa seu trabalho diário?
    A beleza de ter um projeto paralelo no trabalho é a liberdade de fazer algo diferente — usar outra parte do seu cérebro, desenvolver uma nova habilidade e sair da sua zona de conforto. Mas, certifique-se de considerar como esse projeto de paixão vai impactar seu trabalho diário e como vai ajudar você a encontrar propósito pessoal e profissional. Por exemplo, se seu trabalho principal envolve muito pensamento crítico profundo, você pode querer evitar um projeto de paixão que também exige o mesmo nível de concentração, porque, no fim das contas, você pode sentir ainda mais burnout, além de ficar difícil saber como recuperar a motivação no trabalho. Em vez disso, busque um projeto que permite relaxar os músculos de profunda reflexão e se concentre no seu lado criativo, divertido.

  2. Existe algum tipo de conexão com seu emprego atual?
    A maioria das empresas pode ser flexível, mas só até certo ponto. Digamos que sua paixão seja aprender a dominar o trapézio. Se seu trabalho principal envolve muito tempo na frente da tela do computador, vai ser difícil convencer seu gerente a deixar você treinar no escritório. Por outro lado, se você tiver interesse em falar em público, essa é uma habilidade muito mais transferível e benéfica para sua empresa. Isso não quer dizer que sua paixão precisa ter um impacto direto na sua empresa, mas ter uma conexão clara ajuda.

  3. Esse trabalho é significativo para você, de alguma forma?
    Conforme concluiu o estudo de Amy Wrzesniewski, projetos paralelos apenas aumentam a felicidade e o desempenho quando são significativos para você. Senão, é provável que gerem falta de motivação no trabalho. Você não vai colher os mesmos benefícios se simplesmente enxergar o projeto de paixão como uma maneira de evitar seu trabalho diário ou usar seu tempo na empresa para desenvolver novas habilidades. A chave é encontrar alegria nas metas extras que você estabelecer. Se seu projeto de paixão traz animação para ir trabalhar no dia seguinte, quer dizer que ele é um dos bons. Novamente, aquele café temático de gato pode dar muito certo! 😺

Dicas para convencer seu chefe

Uma vez que você identificou o projeto de paixão perfeito para você, é hora de falar com a gerência — (socorro!). Mantenha a calma, assista a alguns vídeos de cachorro e faça algumas poses poder: essa discussão não precisa intimidar.

falta de motivação no trabalho

Algumas dicas para se ter em mente ao falar com a gerência sobre trabalhar no seu projeto de paixão no expediente:

  • Prepare o terreno: Você sempre cumpre seus prazos? Você recebe feedback positivo de seus colegas? E sabe como receber feedback negativo? Construir sua reputação como um funcionário confiável tornará muito mais fácil para seu gerente confiar que você consegue equilibrar novos projetos com sua carga de trabalho atual.

  • Cuidar de preocupações antes que elas surjam: Não espere que seu gerente se preocupe com seu gerenciamento da carga de trabalho e do tempo. Em vez disso, compartilhe suas soluções desde o início. Na sua proposta inicial para seu gerente, explique sua carga de trabalho atual e seus projetos em andamento, além de como você vai priorizar seu trabalho. Crie um lugar onde as atualizações de andamento do seu projeto paralelo ficam disponíveis para acompanhamento.

  • Enfatize o valor agregado: Certifique-se de articular seu interesse pessoal no seu projeto paralelo, mas esclareça quais são os benefícios para seu gerente e sua empresa. Por exemplo, se seu projeto de paixão é desenvolver habilidades para falar em público, talvez você se voluntarie para liderar um clube na sua empresa ajudando a desenvolver a proeza de outros funcionários para fazerem apresentações. Ou, se você tem uma paixão por aprender espanhol, você poderia ajudar com projetos de tradução interna ou contribuir no serviço ao cliente de usuários de língua espanhola por exemplo.

  • Doe $1 milhão: Brincadeira. Se você pudesse se desfazer dessa quantia, não estaria nessa situação, não é?

Como recuperar a motivação no trabalho colocando paixão nele

Não espera até que o trabalho “perfeito” apareça magicamente ou que seu gerente de repente comece a alocar os projetos "mais legais" para você. Assuma o controle da sua jornada de trabalho e encontre uma maneira de infundir sua paixão no seu cargo.

Se você se preocupa com ter que fazer projetos que não são do trabalho no escritório, lembre-se disto: reservar algumas horas por semana para fazer algo que você ama impactará tudo ao seu redor — sua felicidade, motivação, produtividade e criatividade. Parecem traços irresistíveis para qualquer empregador.


Seja algo negativo ou positivo, adoraríamos ouvir o que você acha. Escreva para atendimento@trello.com.

Leia mais: Inovação colaborativa: aprenda a ter boas ideias em conjunto