Mais eficiência e produtividade em marketing de eventos

marketing de eventos

Quem já participou de eventos como expositor sabe a correria que é. E não estamos nos referindo a preparação da equipe, brindes, palestras e a montagem do estande.

Estamos falando do atendimento durante o evento, da coleta de informações dos leads, atendimento aos clientes, demonstração de produtos, entre várias outras coisas.

É, o marketing de eventos dá trabalho, mas traz excelentes resultados quando feito de forma efetiva.

Segundo dados apresentado por André Rodrigues da Silva, CEO da mobLee (plataforma mobile em eventos), divulgados em uma palestra promovida pelo Trello no RD Summit, o mercado mundial de eventos movimenta mais de meio trilhão de dólares, distribuídos em cerca de 5 milhões de eventos individuais ao redor do mundo.

As empresas B2B ainda consideram o marketing de eventos como uma importante fonte de oportunidades de negócios.

Mas como estreitar essa lacuna entre o mundo real do evento e as iniciativas de marketing digital e o plano de marketing de sua empresa?

Para saber mais sobre este assunto, e como fazer a gestão de seus leads gerados em eventos, André passou várias dicas.

5 dicas de marketing de eventos: chega de acumular cartões de visita

Ao final do evento, é comum se deparar com uma pilha de cartões entregues por leads dos mais variados tipos.
Como mensurar isso e coletar todos esses dados de uma forma que possa ser aproveitado em suas ações de marketing com efetividade?

Confira os 5 desafios que você deve superar:

1. Evite o trabalho manual

A maioria dos eventos oferece meios de captura de leads com auxílio de leitores e scanners dos crachás dos visitantes. Ok, você pode trocar cartões, isso é uma espécie de ritual, mas se puder coletar os dados eletronicamente, tudo vai ficar bem mais fácil!

2. Gerenciar dados em tempo real

Se você for aguardar o final do evento para analisar seus dados, muitas oportunidades podem ser perdidas, além de ficar difícil de dar feedback à sua equipe.

Portanto, use a tecnologia a seu favor quando estiver fazendo marketing de eventos. É possível integrar a captação de leads citada acima com diversos apps que você usa em seu negócio, como automação de marketing ou planilhas compartilhadas no Google Drive, por exemplo.

3. Qualificação de leads

Com esses dados todos à mão, André sugere que você use um quadro do Trello como este:

qualificação de leads no Trello

Nele você pode qualificar seus leads como Muito Frio, Frio, Morno, Quente e Muito Quente, auxiliando o trabalho de sua equipe na hora de fazer contatos, gerir o pipeline de vendas, ou mesmo de usar plataformas de automação de marketing.

4. Faça notas contextuais

Com seus leads já qualificados no Trello, é possível acrescentar dados contextuais atrás de cada cartão: tamanho da empresa, como foi a conversa, quais as dores do cliente etc.

5. Analisando métricas

Se todas essas informações forem devidamente guardadas em apps online, seja com auxílio do quadro do Trello, planilhas ou apps específicos, os resultados de suas ações de marketing de eventos serão muito mais efetivas, gerando aprendizados para os próximos anos, além de uma série de leads qualificados.

Em sua empresa o marketing de eventos é um canal bastante utilizado? Como vocês fazem a qualificação de leads? Conte para a gente!