<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=44935&amp;fmt=gif">

Women Who Code: Como mulheres na área de TI usam o Trello

mulheres na área de TI

Apesar de as ferramentas e os softwares digitais serem a força motriz de quase todas as indústrias, as ferramentas mais usadas em diversos times raramente são desenvolvidas por equipes diversas.

Para explicar melhor o contexto, veja só estas estatísticas reveladoras de 2017:

  1. 57% das profissões são preenchidas por mulheres nos EUA.

  2. 51% da população são mulheres.

  3. Apenas 30% da indústria de tecnologia é ocupada por mulheres.

  4. As mulheres saem da área de TI com uma frequência 56% mais alta do que em qualquer outro setor.

Encarando esses números é que organizações como a Women Who Code (“Mulheres que programam” em português) estão finalmente mudando essa história.

A Women Who Code é a maior organização sem fins lucrativos do mundo que se dedica a ajudar mulheres na área de TI a terem sucesso profissional. A comunidade da Women Who Code se destaca por:

  • Empoderar mulheres na tecnologia ensinando habilidades para elas avançarem profissionalmente💪

  • Fornecer recursos (ferramentas, cursos, etc) de programação para mulheres 💻

  • Criar oportunidades de networking e mentoria 🤝

  • Educar empresas sobre como melhorar a contratação, retenção e promoção de mulheres na área de TI 👸🏽

“Sabemos que as mulheres na área de TI saem da indústria da tecnologia mais rápido que os homens, e mais rápido do que saem de outras indústrias,” diz Joey Rosenberg, Diretora de Liderança Global da Women Who Code. “Nosso desejo é reverter essas tendências. As profissionais nos dizem que, quando encontram nossa comunidade, criam a coragem e a inspiração necessárias para seguir em frente e alcançar suas metas profissionais.”

Com a ajuda de 195 líderes voluntários incríveis, a Women Who Code fornece orientação para mulheres em TI conseguirem alcançar suas metas profissionais e continuarem na indústria da tecnologia por muito mais tempo. Para coordenar todos os voluntários, Joey e a equipe da Women Who Code recorreram ao Trello para ajudar a gerenciar o quadro de voluntários, organizar eventos globais e para cuidar de todos os detalhes envolvidos.

Gerenciando o monstro da planilha

Antes do Trello, a Equipe de Parcerias da Women Who Code estava usando o que Joey descreveu como “uma planilha monstruosa”.

mulheres em TI

Era extremamente difícil monitorar o trabalho, e era fácil perder dados de colunas e linhas. Acrescente a isso a logística de vários times em trabalho remoto (de São Francisco, Atlanta, Kenya, Portland e até de um trailer!) e o resultado é uma crise de pânico. Assim dá para entender por que o controle de tarefas foi por água abaixo e a produtividade sofreu enquanto todo mundo tentava se entender.

Joey salienta que conseguir simplificar o gerenciamento de tarefas em equipe no Trello é essencial para que todos estejam na mesma página.

“Tendo já esboçado o processo, não preciso ficar voltando para dizer: ‘Ei! Não se esqueça de fazer isso ou aquilo’. Está tudo explicado. Aliás, acabei de lembrar que tem mais umas três coisas que eu deveria adicionar no Trello.”

Além de criar um fluxo de trabalho super fácil, o Trello permite que a Equipe de Parcerias trabalhe em equipe com fluidez. “Quando trabalhamos com planilhas… não é muito colaborativo. Mas, quando passamos os dados para o Trello, foi possível vê-los com clareza. Alguém da equipe pode estar em outro estado trabalhando em algo, e eu consigo ver que essa tarefa está no quadro dela sem precisar perguntar.”

Outra forma como o Trello nos ajuda é eliminando o fluxo complicado de organização de documentos, algo comum em qualquer equipe — e sem usar planilhas monstruosas! A propósito, essa é uma ótima dica para trabalho em equipe!

“Quando trabalhamos com planilhas… não é muito colaborativo. Mas, quando passamos os dados para o Trello, foi possível vê-los com clareza. Alguém da equipe pode estar em outro estado trabalhando em algo, e eu consigo ver que essa tarefa está no quadro dela sem precisar perguntar.”

- Joey Rosenberg, Diretora Global da Women Who Code

“Próxima parada: estação da automação!”

Com 60 comunidades locais de mulheres na área de TI ao redor do mundo, o time da Women Who Code tem uma “receita secreta” para gerenciar todos os voluntários e parcerias. A equipe de Joey recebe uma enxurrada de e-mails constantemente de pessoas querendo formar parcerias (que famosas!), e é essencial que a equipe consiga filtrar as mensagens e encontrar as melhores empresas e voluntários para ajudar na missão de empoderar as mulheres na computação.

É aí que entra o Trello — ajudando a simplificar esse fluxo de trabalho enorme.

Funciona assim: quando uma empresa quer formar uma parceria com a Women Who Code, primeiro ela preenche um formulário do Google. A informação do formulário vai direto para um quadro do Trello. Por fim, cada lead é analisado com olhos de águia pela Equipe de Parcerias que faz uma série de perguntas como: A empresa quer uma parceria formal? Quer se conectar com uma rede de contatos local em sua cidade?

programação para mulheres

Ao desenhar uma "máquina bem azeitada" para todos os novos pedidos, a equipe da Women Who Code eliminou a principal causa de estresse do time: como gerenciar e-mails.

🚫Chega de e-mails de follow-up.

🚫Chega de e-mails compartilhando dados.

🚫Chega de fluxos de trabalho complicados.

em vez de tudo isso:

✅Um processo mais organizado dentro dos próprios quadros do Trello.

“O Trello é ótimo para simplificar e otimizar processos complexos. Como gerente, consigo quebrar os processos em partes pequenas para a minha equipe e então delegar as partes, mas continuar com uma visão geral,” diz Joey.

Quando você reproduz a automação de gestão de tarefas da Equipe de Parcerias em 60 cidades, o tempo economizado não tem preço. Essa agilidade, por sua vez, faz com que empresas e voluntários sejam integrados rapidamente e estejam prontos para impactar o mundo da programação para mulheres e a indústria de tecnologia como um todo.

Trabalho em equipe é mamão com açúcar

mulheres na tecnologia

Joey prevê que a maioria do trabalho (uns 98%) relacionado ao crescimento e aos lançamentos da organização é liderada por voluntários. A Women Who Code se destaca no trabalho em equipe: essa ONG, que atua melhorando o mercado de programação para mulheres, recentemente iniciou 50 novas comunidades em novas cidades, com a expectativa de que 20 sejam lançadas ainda este ano.

Quer saber quanto tempo leva para lançar uma comunidade de programação para mulheres em uma nova cidade? Bem, criar uma rede significa: criar uma equipe nova e local; fazer a curadoria de parcerias com empresas; planejar eventos; coordenar toda a comunicação e basicamente manter a sanidade nesse processo todo.

Para a maioria das empresas, isso levaria anos. Para a Women Who Code, isso leva 6 meses, no máximo.

Esse cronograma apertado significa que a Equipe de Parcerias usa o Trello para administrar todo o processo de lançamento.

Durante o lançamento, o tempo gasto organizando as atividades nos quadros no Trello - para todas as 50 cidades - é bem menor se comparando com antes. Em vez de perder de vista quem está trabalhando no quê ou ter que ficar correndo atrás de conversas de e-mail, tudo fica concentrado em um grupo pesquisável de quadros do Trello.

mulheres na computaçãoWomen Who Code, Capítulo de Londres em um Evento de Clientes Atlassian

Com o Trello, agilizar o gerenciamento de voluntários e das comunidades da Women Who Code, é bem tranquilo. O primeiro passo para conquistar um futuro com mais igualdade para mulheres em TI é uma forma mais fácil de gerenciar tudo.

Um processo melhor resulta na Women Who Code com maior capacidade para prover mais suporte, representatividade e oportunidades para mulheres na área de TI. Em outras palavras: eliminar as barreiras que impedem que as mulheres na tecnologia tenham sucesso.


Leia mais: A empresa de tecnologia que está ajudando mais de 600 desenvolvedores na África

Seja algo negativo ou positivo, adoraríamos ouvir o que você acha. Escreva para atendimento@trello.com.