<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=44935&amp;fmt=gif">

Como pessoas noturnas podem ser produtivas sem acordar cedo

pessoas-noturnas

Você sabia que quando você acorda, seu cérebro fica maior do que na hora de dormir? Isso porque nosso cérebro está mais hidratados após um período de descanso.

De acordo com os autores, Dr. Robert Carter e Dr. Kirti Salwe Carter no livro The Morning Mind, o cérebro com o melhor desempenho é aquele que está hidratado. Então, o dilema é o seguinte: se os seres humanos são biologicamente matutinos, porque é tão (tão, tão, tão) difícil para muitas pessoas ter motivação e produtividade logo ao nascer do sol?

Uma forma de canalizar o seu espírito de pessoa diurna é imitar os hábitos de sucesso de quem acorda cedo: ter uma rotina, meditar, fazer exercícios antes do trabalho. Mas como esses hábitos são formados? 

Bem, eles se originam naqueles cérebros felizes, hidratados e "matutinos." Vamos ver como essas pessoas diurnas pensam e processam o mundo — com ciência (e café) suficiente, a gente pode desvendar os mistérios de como ser uma pessoa mais produtiva. 

Qual é o seu cronótipo?

Psicólogos especializados no tema da personalidade já falaram que a diferença entre nossas tendências de acordar cedo ou ir dormir tarde estão relacionadas a ser uma pessoa noturna ou matutina. Esses dois polos apontam para os ritmos circadianos ou cronótipos de cada pessoa.

 Nosso cronótipo é, essencialmente, como a gente prefere organizar o dia para momentos de alto desempenho e períodos de descanso com base nos ritmos basais do nosso corpo, que foram moldados pela biologia e pelas circunstâncias da vida. Podemos ser um canário da manhã, uma coruja da noite ou algum outro pássaro no meio termo.

Ocorre que a nossa tendência de sermos pessoas noturnas ou matutinas pode afetar nossa personalidade e o comportamento. Um estudo de 2017 publicado pela psicóloga da CUNY, Anastasiya Lipnevich et al. no Journal of Personality and Social Psychology combinou as descobertas de amostras de 16.000 indivíduos para observar esses dois conceitos em comparação com o Modelo dos 5 grandes fatores dos traços de personalidade:

  1. Consciência; ou senso de dever
  2. Extroversão; ou receptividade a experiências sociais
  3. Neuroticismo; ou sensibilidade a problemas e ameaças
  4. Amabilidade; ou desejo de ser amigável com os demais
  5. Abertura; ou prazer em ter novas experiências

Ser uma pessoa noturna ou matutina não faz parte desses 5 traços de personalidade. Eles são conceitos distintos que afetam como nossas personalidades se apresentam.

Por exemplo, o estudo descobriu que o traço da consciência está bastante relacionada com a tendência a ser uma pessoa diurna, enquanto a extroversão e a abertura são típicas de pessoas noturnas. 

Quer saber onde você se encaixa nesse espectro? Faça o teste!

O questionário para saber se você está no grupo das pessoas noturnas ou matutinas (Morningness-Eveningness Questionnaire (MEQ), desenvolvido pelos pesquisadores James A. Horne and Olov Osterberg em 1976, dá uma ideia de qual o seu ritmo circadiano. As perguntas determinam uma pontuação que varia de 16 a 86 e que lhe situam em um espectro que vai de pessoa completamente noturna a pessoa extremamente matutina. 

Se você prefere saber o seu tipo, experimente este Teste de Cronótipo da Atlassian (em inglês) que vai ajudar a otimizar o seu cronótipo para o dia de trabalho.

Mas raramente as pessoas se encaixam perfeitamente em uma ou outra categoria. Lipnevich contou ao The Cut que cerca de 80% das pessoas se situam em algum ponto no meio do espectro. 

As pontuações de 42 a 58 indicam tipos "intermediários"de tendências, o que significa que você pode pender para qualquer hora do dia dependendo da sua motivação, das tarefas exigidas e dos seus níveis de energia. Você também pode variar entre os 2 polos à medida que vai envelhecendo, com maior propensão a ser uma pessoa noturna nos seus 20 anos e uma pessoa matutina com 50 anos.

Entendendo o segredo das pessoas matutinas

O papel do cronótipo em nossos comportamentos e tendências tem sido estudado de várias formas nas últimas décadas e — como é de se esperar — diferentes estudos mostram diferentes resultados. O que está claro é que há um fator biológico significativo que influencia os cronótipos.  

Para explicar brevemente, do cérebro ao intestino você tem vários relógios internos que enviam alarmes ao longo do dia. Esses alarmes não disparam ao mesmo tempo para todas as pessoas. Os ritmos do seu corpo são personalizados ao seu DNA e podem ou não se adequar à estrutura geral da sociedade, que tem um ritmo de trabalho das 9h às 18h — o que pode criar problemas para você (e seu chefe), caso você não seja naturalmente uma pessoa diurna. 

como ser uma pessoa mais produtiva

Mas, nem tudo está perdido para as pessoas noturnas. 

Se a sua vida simplesmente não permite que você crie a rotina ideal para o seu ritmo circadiano nas altas horas da madrugada, aqui estão algumas tendências das pessoas matutinas que você pode usar para criar hábitos produtivos — independente do seu cronótipo.

1. Tenha disciplina com o que é importante 

Os resultados de um grande estudo de 2019 publicado no European Journal of Personality mostraram que a consciência (aquele senso de dever, sabe?) é o traço de personalidade dos 5 grandes fatores que está mais relacionado a ser uma pessoa matutina. Pessoas conscienciosas são responsáveis, organizadas, apreciam o trabalho duro, são confiáveis e capazes de controlar impulsos e de se manterem no caminho certo para atingir seus objetivos. Esse é um fator chave para o sucesso, mas difícil de dominar. 

Se tentar imitar os hábitos de sucesso matinais parece difícil, talvez desenterrar o senso de dever com os seus objetivos mais importantes pode ajudar. Acordar todos os dias às 6h da manhã para malhar pode parecer uma tortura. Mas, pensar na importância da sua saúde pode lhe dar a energia necessária para trabalhar no seu projeto pessoal após sair do trabalho e motivação para estar de pé no dia seguinte.

2. Lide proativamente com as tarefas

Um estudo de 2009 publicado no Journal of Applied Social Psychology indicou que pessoas matutinas são mais proativas do que as pessoas noturnas. No entanto, os pesquisadores também descobriram que aqueles que tinham rotinas parecidas nos dias de trabalho e nos dias livres eram mais proativos. Então, dormir e acordar no mesmo horário todos os dias (independente de que horas seja) pode ser um tratamento contra procrastinação

Você também pode tentar esta técnica de proatividade sobre como ser organizado. Nela, a ideia é resolver as tarefas mais importantes primeiro, e assim, independente de quando começar o trabalho profundo, você já vai estar no ritmo para atingir os objetivos mais importantes.

3. Trabalhe feliz 

Essa parte é mais complicada porque a felicidade pode ser entendida de diferentes formas, mas os pesquisadores Biss e Hasher reportaram nos seus estudos de 2012 que pessoas matutinas tinham níveis mais altos de sentimentos de positividade e bem-estar do que aqueles que tiveram uma pontuação baixa nesse quesito. Quando você está feliz, seu desempenho é melhor. 

Um artigo da Fast Company traz um argumento excelente de que essa descoberta pode estar relacionada ao fato de que nossa sociedade frequentemente premia pessoas que tem um bom desempenho durante o dia, então as pessoas noturnas que tentam se adequar às "altas expectativas do período diurno" podem ter mais dificuldades e, consequentemente, ser menos felizes.

O fato é que todos nos sentimos melhor quando trabalhamos no nosso melhor ritmo. Como você pode criar um ritmo mais alegre no seu trabalho? A resposta pode estar em saber a que horas você tem a melhor disposição.

Entenda o que é ser uma pessoa produtiva

Ser uma pessoa produtiva não tem a ver com a hora em que você programa o seu alarme. Aprender sobre as suas tendências cronotípicas e daí planejar o seu dia para se adequar melhor ao seu comportamento é a forma ideal para aprender como ser mais produtivo.

pessoas diurnas

Pode ser que você ainda tenha que se adaptar ao turno da manhã, mas a forma como você organiza suas horas no dia ajudam a colocar para fora a pessoa matutina que existe dentro de você. 

Olhe para o planejamento ideal do seu dia e da sua semana e veja o que você pode reorganizar para ser realmente eficiente. Você pode começar com pequenos passos para criar uma rotina focada nas horas em que você tem mais motivação e produtividade:

  • Comece uma conversa com a sua equipe sobre a rotina. Será que toda reunião de equipe tem que começar às 8h da manhã? Fazer algumas ajustes ajudar na concentração do time como um todo.
  • Se você está liderando uma reunião importante, procure agendá-la para o período da tarde, ou quando sentir que é o melhor horário para trabalhar em equipe.
  • Programe-se para fazer primeiro o trabalho mais raso (as tarefas que não requerem concentração total).

  • Bloqueie 2 horas em que você está no auge da sua produtividade para lidar com as tarefas mais importantes do dia e não perder esse momento fazendo coisas que consegue fazer quando está menos alerta.

Por que as pessoas matutinas são tão valorizadas? Não é porque elas conseguem acordar cedo com um sorriso no rosto. Mas, porque elas conseguem manter o comprometimento com os objetivos e ter sucesso consistente ao longo do tempo, aparentemente mantendo a energia e o entusiasmo ao longo do processo. 

Então, inspire-se pelos resultados dessas pessoas e não por seus pequenos hábitos. Assumir uma postura proativa, priorizando o que é mais importante e fazendo o melhor uso do seu tempo - para que você possa realizar mais e mais - é o verdadeiro jeito matutino de ser! 


Seja algo negativo ou positivo, adoraríamos ouvir o que você acha. Siga-nos no Twitter (@trello)!

Leia mais: 7 Exemplos reais de rotinas matinais com foco e determinação