<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=44935&amp;fmt=gif">

5 dicas infalíveis para cumprir as resoluções de fim de ano

como cumprir resoluções de fim de ano

Quem não conhece a velha história do início do ano novo? Você começa com grandes objetivos e determinação para realizar tudo...

Escreve todas as metas de forma específica e sem esquecer nenhum detalhe — porque é isso que as pessoas de sucesso fazem, não é mesmo?  😎

Com empolgação para dar e vender, o ano começa com pé direito! Você está seguindo o plano e fazendo tudo certinho!

Mas, à medida que janeiro passa, as coisas começam a desandar e a motivação vai dando lugar à indiferença, desculpas e desânimo. 😓

E quando chega o carnaval, você joga tudo para cima e não quer mais nada com a voz do Brasil! 😅

como cumprir metas de ano novo

Já conhece essa história? Ela acontece com a maioria das pessoas  — 80% das resoluções de ano novo são abandonadas na primeira semana de fevereiro

E a maioria das pessoas se identifica com isto: é fácil ter motivação quando o objetivo é novo e animador. "Mas, quando você percebe que ele tem que se tornar uma parte do seu estilo de vida e você tem que criar um hábito, não é tão fácil dar continuidade," diz Jeff Sanders, palestrante, escritor e apresentador do podcast de produtividade, The 5 AM Miracle Podcast.

"Mudar é difícil. Fazer mudanças efetivas exige uma organização para criar novos hábitos" diz DR. Ryan Gottfredson, autor do livro Success Mindsets: Your Keys To Unlocking Greater Success In Your Life, Work, & Leadership. “ E muitas vezes o que falta é essa organização para criar bons hábitos."

Para realizar mudanças efetivas, é preciso motivação para uma maratona e não para uma corrida de 100 metros. 🏃‍♀️

Mas, como fazer isso? Como manter a motivação alta quando a empolgação do novo ano começa a diminuir? E como cumprir as resoluções de fim de ano e manter a produtividade mais constante?

5 formas de cumprir as resoluções de fim de ano

Aqui vão 5 formas de manter a motivação nas alturas até a contagem regressiva para o próximo ano novo! Acompanhe!

1) Tenha uma mentalidade de crescimento

Sempre que você estabelece metas para o ano novo, sem dúvida a intenção é de cumpri-las ao longo do ano. Mas, se você realmente quer ter sucesso, não foque nas resoluções em si — mas sim na sua mentalidade.nbsp

Isso tem a ver com a forma como você enxerga os novos desafios. Quando o assunto é manter a motivação e produtividade e focar em atingir as suas metas pessoais e profissionais, há 2 formas de pensar — com uma mentalidade fixa ou uma mentalidade de crescimento (apresentadas pela primeira vez no livro Mindset: A nova psicologia do sucesso, uma livro inovador da psicóloga de Stanford e palestrante do TED, Carol Dweck.) 

Com uma mentalidade fixa, você tende a acreditar que as coisas não mudam e que você sempre será igual ao que é hoje. 

"Aqueles que têm uma mentalidade fixa não acreditam que podem evoluir, então têm menos propensão a investir em si mesmos e a seguir em frente quando as coisas ficam difíceis," diz Gottfredson. 

Já com uma mentalidade de crescimento, você tende a acreditar que, com esforço, é capaz de crescer e mudar. "Aqueles que têm um mindset de crescimento acreditam que podem evoluir e que é preciso seguir em frente mesmo que as coisas fiquem difíceis" diz Gottfredson.

Quem tem uma mentalidade fixa acredita que suas habilidades, qualidades e talentos inatos são predeterminados e não podem ser alterados, independente da intenção de mudá-los.

Por outro lado, quem tem uma mentalidade de crescimento acredita que suas habilidades, qualidades e talentos podem ser adaptados, aprimorados e desenvolvidos por meio do esforço, do trabalho duro e da dedicação. 

Agora, observe um exemplo de como uma mudança de mentalidade pode aumentar as chances de cumprir as resoluções de fim de ano: 

Resolução: Passar menos tempo vendo as redes sociais no trabalho. 

Mentalidade fixa:  A primeira vez que você se pega vendo o feed do Instagram durante o expediente, você pensa: "Ah, eu sou assim mesmo. Não consigo ficar longe do celular." 

Com uma mentalidade de crescimento: "Essa abordagem não funcionou, mas sem problemas — vou esconder o meu celular na mesa para ver se isso evita a distração da próxima vez." 

Ter uma mentalidade de crescimento pode ajudar a trabalhar nas resoluções de ano novo, mesmo que haja desafios ou pedras no caminho, porque você tem a crença inerente de que é capaz de mudar e desenvolver as habilidades necessárias para ter sucesso. 

"Quem tem uma mentalidade de crescimento vai se esforçar mais e ser mais ser persistente para cumprir as resoluções de ano novo do que quem têm uma mentalidade fixa," diz Gottfredson.

Mas como, exatamente, mudar de uma mentalidade fixa para uma mentalidade de crescimento? Gottfredson recomenda alguns exercícios distintos, como estes:

  • Colecione pequenas vitórias.  Para desenvolver uma mentalidade de crescimento, você precisa realmente acreditar que pode se desenvolver — então porque não dar provas disso a si mesmo? Ao ter mais desafios administráveis — e colecionar pequenas vitórias — você vai provar que, sem dúvidas, é capaz de realizar boas mudanças, o que pode lhe dar a confiança e motivação necessárias para começar a trabalhar em resoluções de ano novo cada vez maiores.

  • Mude seu diálogo interno. A forma como você fala consigo pode influenciar suas ações. Se você disser para si que não pode mudar, você não vai mudar. Mas se disser que é capaz de crescer, o crescimento se torna possível. Se você não sabe como eliminar os pensamentos negativos, foque em mudar o seu diálogo interno (por exemplo, dizendo a si mesmo "eu estou aprendendo com X" em vez de "eu estou fracassando em X") pode ser um dos exercícios mais poderosos para deixar a mentalidade fixa de lado.

  • Medite. A meditação cria resiliência ou, em outras palavras, a habilidade para lidar melhor com desafios e se recuperar de fracassos e adversidades. Em outras palavras, valorize o seu lado zen. 🧘🏾‍♀️

2) Quando faltar motivação, converse com um amigo

Seria ótimo se a gente tivesse uma motivação intrínseca e  soubesse como cumprir as metas de ano novo simplesmente porque assumimos um compromisso. Mas a verdade é que compromissos são difíceis de manter. 

"Se seus objetivos são individuais, ou seja, é apenas você por você mesmo — muitas vezes esses são os compromissos mais fáceis de abandonar," diz Sanders.

Se você quer manter a motivação e a produtividade e saber como cumprir as metas de ano novo com o passar do ano, busque envolver alguém para aumentar sua responsabilidade.

exemplos de metas para o ano novo

"O fator responsabilidade geralmente é o mais relevante para manter as resoluções... Afinal, você sente mais vontade de avançar, porque isso afeta mais pessoas ou gera algum tipo de consequência", diz Sanders.

Logo, gere motivação de verdade envolvendo mais pessoas nos seus objetivos. Por exemplo, se uma de suas resoluções de fim de ano for ler durante 10 minutos todos os dias, comece um clube de leitura mensal. Assim, você vai precisar terminar a sua leitura para conseguir discutir durante o encontro. 

Se entre suas metas de final de ano está ter mais relacionamentos para seu negócio, comece uma competição com empreendedores para ver quem distribui mais cartões de visita em um próximo evento de networking — e combine uma reunião para verificar se todo mundo manteve os contatos iniciados no evento.

Manter a determinação e a produtividade durante o ano todo pode ser desafiador — mas envolver outras pessoas pode tornar tudo mais fácil e é uma das dicas para começar bem o ano novo.

3) Dê valor a seu tempo: defina o seu porquê

Saber porque você "deveria" fazer algo pode funcionar por um tempo — mas se você não tem um porquê forte por trás das suas resoluções de ano novo, vai ser difícil manter a motivação no longo prazo.

"Se você quer ter motivação, tem que se conectar de forma emocional com o seu objetivo desde o princípio," diz Sanders. "Não pode ser apenas uma coisa lógica. Tem que ser, de fato, um apego emocional."

Passe algum tempo definindo o porquê por trás das suas resoluções de fim de ano. 

Vamos pensar com alguns exemplos de metas de ano novo. Talvez a sua resolução seja passar mais tempo trabalhando no seu projeto paralelo para torná-lo o seu trabalho principal. Saber o porquê por trás desse objetivo, quer seja ter mais liberdade e flexibilidade no trabalho ou ter a oportunidade de transformar o seu lado artístico, vai ajudar a manter a motivação alta para realizar os sacrifícios necessários para atingir seus objetivos no longo prazo (como dizer não a um happy hour para ir para casa e trabalhar no seu site). 

4) Leve em conta os imprevistos

Uma das principais razões pelas quais as pessoas perdem a motivação e não sabem como cumprir as metas de ano novo (e as abandonam assim que chega fevereiro), é porque elas "fracassam." Por exemplo, você matou um dia de academia após ter prometido que os exercícios seriam parte da sua rotina diária.

Bem, você já ouviu falar que "quem erra no planejamento pelo menos planejou os imprevistos?" Pois é! Errar no planejamento pode ser uma boa ideia!

Não importa o tamanho da sua motivação e do seu comprometimento com um objetivo, você vai passar obstáculos, erros e fracassos. Mas se você se planejar — e levar em conta os imprevistos para seu objetivo durante o processo — vai ser mais fácil se manter no caminho no longo prazo, mesmo quando você se desviar do caminho. 

Na verdade, aceitar as falhas como parte do processo não é apenas uma forma de manter a motivação alta — ela pode inclusive lhe ajudar a alcançar seu objetivo no longo prazo. Um estudo recente revelou que fracassar nos estágios iniciais pode, na verdade, ser um indicativo de sucesso no futuro. De acordo com o estudo (que analisou a trajetória profissional de cientistas), ter um erro inicial nas suas carreiras aumentou a probabilidade de os participantes publicarem um artigo científico de sucesso.

Por exemplo, se seu objetivo é fazer exercícios físicos todos os dias, saiba que haverá dias em que você simplesmente não irá para a academia (ninguém é perfeito!)

Desenvolva um plano de contingência para quando você matar um treino — por exemplo, "se eu não for à academia, não vou me punir. Em vez disso, eu vou anotar porque não tive a motivação para ir à academia esse dia — e começar do zero no dia seguinte." Dessa forma, você não verá esse fato como um "fracasso" pois se trata de algo que você planejou e sabe exatamente como lidar. 

Quando você leva em conta os erros e imprevistos, "você já sabe que isso faz parte do jogo," diz Sanders.

5) Esqueça as resoluções de fim de ano — defina objetivos diários, mensais, trimestrais e anuais 

As resoluções de ano novo tendem a ser grandes mudanças de vida — como correr uma maratona ou atingir o sexto dígito no seu negócio até o fim do ano. 

Mas usar o ano no como desculpa para reformular completamente sua vida pode ser demais — e as chances de você se esgotar completamente assim que fevereiro chegar são altas.

Em vez de tentar fazer grandes mudanças na sua vida, identifique alguns objetivos que você gostaria de melhorar continuamente todos os dias e todos os meses, trimestres e anos. Ao quebrar grandes resoluções em objetivos menores e atingíveis, você será capaz de ver mais progresso em menos tempo — o que ajuda a manter a motivação ao longo dos 12 meses do ano.

"É muito difícil planejar para o longo prazo. É difícil ver todas as mudanças que vão acontecer ao longo de um ano," diz Sanders. "Então sempre que você puder diminuir o seu objetivo em termos de tempo para completá-lo, isso realmente tornará o objetivo muito mais atingível."

Como cumprir as metas de ano novo?

Então, recapitulando: perder o ritmo na realização das suas resoluções de fim de ano com o tempo é totalmente compreensível. No entanto, há formas de manter a motivação em alta (depois do carnaval). Se você sente que está abandonando seu objetivos, lembre-se de:

  • Focar em mudar sua mentalidade de "fixa" para de "crescimento"
  • Procurar formas de envolver mais pessoas
  • Saber claramente qual o seu porquê
  • Aceitar os erros como parte do processo
  • Quebrar grandes resoluções anuais em objetivos menores, mais administráveis e com prazos menores

Pode ser difícil manter o comprometimento com seus objetivos quando a empolgação do ano novo acaba. Mas, com as ferramentas necessárias para manter a motivação e a produtividade no longo prazo, já já o ano novo vai se tornar o ano velho, mas cheio de realizações! 😉  


Seja algo negativo ou positivo, adoraríamos ouvir o que você acha. Escreva para atendimento@trello.com

Leia mais: Os quatros Ps: como alcançar suas metas e objetivos pessoais com OKRs e o Trello