Gerencie equipes scrum e kanban com o Power-Up do Corrello

scrum e kanban

Não é nenhum segredo que equipes gostam de usar o Trello para agilizar projetos. Então a gente adicionou o melhor do gerenciamento de equipes Scrum e Kanban ao Trello com o novo Power-Up do Corrello. Imagine os gráficos burndown, diagramas de fluxo cumulativo, ciclos históricos de tempo e todo resto das coisas boas ao seu dispor.

O jeito mais rápido de descrever o Corrello é “Um painel de controle para equipes Scrum e Kanban usando Trello”. Os gestores conseguem as informações que precisam enquanto suas equipes podem continuar usando a ferramenta que amam.

Louco para saber se o Corrello pode ser útil para você e sua equipe? Vamos nos aprofundar em saber como os gestores de Scrum e Kanban mantêm suas equipes organizadas usando o Corrello e o Trello juntos (e também como dar uma testada nele):

Corrello + Trello: as melhores funcionalidades para painéis de controle de equipes

Para ter uma ideia de como o Corrello pode ajudar você, vamos dar uma olhada em algumas das funcionalidades mais populares, começando pelas mais simples. Se você está interessado em recursos ligados diretamente ao Scrum e Kanban, como gráficos burndown, ciclos de tempo e diagramas de fluxo cumulativo, sinta-se à vontade para pular para mais adiante.

Status via contagem de cartões

Nos níveis básicos, o Corrello ajuda a manter o controle dos cartões em um ou mais quadros baseado nas listas em que estão, nas suas datas de conclusão e nas etiquetas.

scrum e kanban

Essa parte do painel de controle mostra para você contagens de diferentes grupos de cartões (cartões completados, “bugs” abertos, etc.) e te dão a capacidade de ver em detalhes os cartões reais incluídos na contagem, as listas em que estão e há quanto tempo estão lá. Clique nos botões abaixo dos números e você poderá ver também essas mesmas contagens separadas por quadro e por membro da equipe.

Você pode escolher quais contagens você quer que o Corrello mostre para você aqui. Você pode incluir contagens de cartões com qualquer etiqueta em que você estiver interessado (aqui eu estou acompanhando cartões não finalizados com a etiqueta “bug”), ou baseadas em suas datas de finalização. As contagens mais simples te dão apenas o número de cartões feitos, em progresso ou ainda por fazer.

Dica Profissional: Nós estamos mostrando contas de cartões do “This Sprint” (caixa de seleção de opções no canto superior direito da foto de tela acima). Se você está trabalhando com uma pegada mais de Scrum e Kanban ou de fluxo contínuo, você não precisa usar as funcionalidades relacionadas ao “sprint” do Corrello, na verdade, você nem vai ver essas opções no painel de controle.

Além disso, nós estamos contando cartões, neste exemplo, mas você pode optar por usar “points” para suas contagens, e nesse caso o Corrello vai procurar por um número entre parênteses nos títulos dos seus cartões para usar como os “points” de cada cartão.

Uma outra parte do painel de controle nos mostra esses mesmos números historicamente:

scrum e kanban

Diagramas de fluxo cumulativo

Este é o recurso mais usado por equipes de Kanban. Diagramas de Fluxo Cumulativo também podem ser úteis para outras equipes usando Trello e que querem saber como seu processo está funcionando ao longo do tempo.

diagrama de fluxo acumulativo

A legenda na base mostra cada uma das listas no seu quadro Trello (ou quadros). Você pode adicionar ou retirar listas do gráfico clicando em “on” ou “off”. Por exemplo, clique para remover a lista “feito” para ver se o seu trabalho em andamento está crescendo ou diminuindo com o tempo.

Se você é novato com Diagramas de Fluxo Cumulativo, esse gráfico é útil por uma série de maneiras: ele mostra o trabalho se acumulando em “feito” ao longo do tempo, e o número diário de cartões em cada lista de seu quadro. Olhando no tamanho de cada lista ao longo do tempo você pode reparar se o trabalho está aumentando ou diminuindo.

Por exemplo, se você tem duas listas, uma para cada estágio do processo (isto é, “pronto para testar” e “teste”), isso pode ser útil para saber se as coisas estão evoluindo, esperando por testes, ou quantas estão atualmente em teste. Cada situação pode ser causada por problemas únicos com diferentes soluções.

Outra checagem útil do status da equipe é remover as listas “feito” e “em andamento” do diagrama e ver se o seu acúmulo de tarefas está crescendo ou encolhendo com o tempo. Isso te mostra se você está desempenhando o trabalho mais rápido ou mais devagar do que você está incluindo novas tarefas nos quadros.

Para ajudar com essa visualização no Trello, divida o que está se acumulando em “sugestões” (trabalho que você não tem certeza se quer fazer) e “compromissos” (trabalho que você sabe que com certeza quer ver feito). Já que o crescimento de “compromissos” atrasados é muito mais preocupante que o crescimento das “sugestões”, é útil ser capaz de ver os dois separados no seu Diagrama de Fluxo Cumulativo.

Gráficos burndown

Antes de olharmos outros recursos inspirados em equipes Kanban, vamos conversar sobre uma coisa que equipes Scrum sempre querem... gráficos burndown.

gráfico burndown

Este gráfico de burndown de um “sprint” de atividades de um projeto está contando pontos (points) de um histórico, não cartões. Os dias deste Sprint estão ao longo da base e os pontos restantes, ao iniciar deste dia, estão a esquerda.

Há três linhas no gráfico:

  1. Burndown Atual: a linha azul mostra quantos pontos estão restando no “sprint” atual no início de cada dia. No gráfico acima, algum trabalho foi acrescentado no primeiro dia do “sprint” (a linha azul saltou para cima). Então uma grande leva de trabalho foi realizada no segundo dia (a primeira grande queda na linha). E assim por diante ela vai se alterando ao longo do “sprint”.
  2. Burndown Ideal: a linha vermelha mostra onde a linha azul deveria estar se você completasse o trabalho todo do “sprint” de forma uniforme a cada dia (bom, com exceção dos finais de semana – nós vamos te dar essa folga!). Mesmo que seja improvável que o burndown real se comporte desta maneira, essa comparação do real X ideal mostra se você, neste momento, está à frente ou atrás de onde deveria estar e quanto.
  3. Burndown do dia: a linha pontilhada azul mostra onde o burndown estará amanhã baseado em quanto trabalho foi realizado até agora no dia de hoje. No gráfico acima ele mostra que 0,5 pontos já foram completados hoje, então você poderia ver que amanhã você ainda estaria abaixo da linha vermelha “ideal”.

Ciclos de tempo

Ciclos de tempo, outra invenção desses caras inteligentes do Kanban, é uma medida de quanto tempo demora para se cumprir uma tarefa. No Trello, você pode acompanhar facilmente isso, se cada tarefa for um cartão. Há duas maneiras de ver essa informação com o Corrello. A primeira é um gráfico mostrando a data em que os cartões foram completados em comparação com quanto tempo levaram para ser completados.

scrum e kanban

Essa informação também pode ser vista em uma tabela mostrando a média de tempo que os cartões levam para serem completados, divididos por groups de porcentagem.

ciclo de tempo corello

O gráfico é útil para visualizar os cartões que mais demoram para ser concluídos. Você pode selecioná-los para descobrir em que lista estavam a maior parte do tempo e tentar descobrir se você poderia mudar seu processo para as coisas acontecerem mais rapidamente.

A tabela é útil para estimar quando um próximo trabalho pode ser completado, ou, mais uma vez, para ver se há etapas no seu processo que estão fazendo alguns cartões demorarem muito para se completarem.

Release burnups

Quer saber quando um projeto ou liberação próxima vão estar concluídos? Ou qual o impacto de acrescentar aqueles 10 novos cartões? O gráfico “release burnup” mostra o progresso dos cartões realizados de uma ou mais listas ao longo do tempo.

preview trello corello

Da mesma forma que no gráfico burndown, nós temos três linhas, mas com significados ligeiramente diferentes desta vez:

  1. Trabalhos completados: a linha azul mostra quanto trabalho foi feito na lista (ou listas) selecionada ao longo do tempo.
  2. Trabalho total: a linha vermelha mostra a quantidade total de trabalho nessas listas. Isso pode ser útil para ver qual o impacto gerado na data de entrega ao acrescentar trabalho.
  3. Previsão: A linha azul pontilhada mostra quando o trabalho será concluído, assumindo que não serão acrescentadas tarefas extras e a equipe continua no mesmo ritmo.

Ver os gráficos diretamente no Trello

Você pode ver todos esses gráficos no Corrello, mas é mais fácil ver qualquer coisa - como o seu gráfico burndown - sem ter que sair do seu projeto no Trello.

scrum quadro trello corello

O Power-Up do Corrello te dá acesso aos progressos de sua equipe diretamente no Trello com um link, se você precisar ver o painel completo:

sprint quadro trello corello

Como configurar o Power-Up do 

Corrello no Trello

Se você se cadastrar no Corrello (é possível testa-lo gratuitamente por 14 dias), você será guiado até criar seu primeiro painel de controle. Tem duas coisas que você deve fazer para que o Corrello entenda seus quadros e te mostre as informações que deseja.

Primeiro, o Corrello precisa entender seus quadros:

  1. Escolha o quadro ou quadros que você quer ter acesso.
  2. Selecione a lista(s) para onde os cartões são movidos quando concluídos.
  3. Selecione as listas onde os cartões são colocados enquanto em andamento (incluir qualquer “lista de espera”, assumindo que o cartão não ficará parado por muito tempo).
  4. Selecione sua lista de trabalhos acumulados.
  5. Se estiver usando “sprints”, você pode selecionar as datas de início e término e a duração do “sprint”.

Segundo, configura que informações você quer ver:

  1. Acrescente estatísticas de performance como contagens de cartões com certas etiquetas ou datas de término.
  2. Configure o seu gráfico “release burnup” se estiver usando um.

O Corrello vai carregar seus dados históricos do Trello (isso pode levar alguns minutos) e atualizar seus painéis assim que você fizer qualquer mudança.

Ativando o Power-Up do Corrello

O Corrello funciona com a maioria dos quadros Trello sem qualquer adaptação. Mas aqui estão algumas dicas profissionais para ajudar com que as coisas corram perfeitamente:

  1. Se você estiver usando “sprints”, o Corrello funciona melhor se você reutilizar um quadro, em vez de criar um novo a cada “sprint”. O Corrello pode trabalhar com quadros novos para cada “sprint”, mas pode ser complicado obter um histórico adequado, pois você vai ter que conectá-lo a vários quadros. E é muito mais fácil reutilizar o mesmo quadro a cada “sprint” e economizar o esforço de criar um novo toda vez.
  2. Você precisa ter uma lista de “feito” onde os cartões são colocados quando estiverem concluídos, em vez de apenas arquivá-los onde eles estão.
  3. Você pode colher informações de mais de um cartão Trello. Mesmo não sendo necessário, ajuda bastante se todos os quadros forem parecidos (isto é, têm praticamente as mesmas listas com os mesmos nomes).

Se você leu este artigo até aqui, você, com certeza, deveria dar uma olhada no Corrello. Tem uma versão gratuita de avaliação por 14 dias em todas as contas. Você pode se cadastrar aqui ou saber mais sobre os recursos para Scrum e Kanban.