Vai viajar a trabalho? Faça um plano para manter a sua produtividade durante o voo

viagem a trabalho

Um passeio de avião pode ser um longo período de entretenimento com fones de ouvidos, descanso com travesseiros de pescoço ou mesmo uma jornada de trabalho a milhares de metros de distância do solo.

Frequentes viagens de negócios exigem uma rotina de produtividade aérea. Talvez você voe tão frequentemente que você nem se quer pode dar ao luxo de desperdiçar esse tempo. Ou talvez você não voe muito, mas você ainda precisa ser produtivo neste voo em particular.

De qualquer maneira, permanecer produtivo em uma viagem de trabalho nunca parece ser a situação utópica que uma jornada de trabalho comum sugere.

Não importa a razão pela qual você precisa ser produtivo em seu próximo voo, aqui estão algumas dicas testadas e verdadeiras que irão levá-lo ao seu destino, sentindo-se bem sobre sua lista de tarefas! (na verdade não podemos garantir o que você pensa sobre viagens de avião).

Decole e se desconecte

viagem de trabalho

O autor e professor da universidade de Georgetown, Cal Newport, explora a ideia do "trabalho profundo" em seu último livro, apropriadamente intitulado Trabalho Profundo: o Segredo para Alcançar a Produtividade Máxima.

Por meio de estudos de caso, Newport postula que o pico de produtividade vem de uma fórmula de trabalho de alta qualidade produzido = (tempo gasto) x (Intensidade de foco).

É difícil argumentar com a ideia de que mais foco e atenção plena proporcionam mais produtividade, e se isso é verdade, então sua viagem de trabalho dificilmente parece ser o lugar privilegiado para o foco profundo e seu melhor trabalho.

Mas nem toda a esperança está perdida.

Em Deep Work, Newport conta a história de Peter Shankman, fundador da base de dados de repórteres HARO, que obteve um contrato de livro e posteriormente reservou um voo de ida e volta para Tóquio com o único propósito de escrever.

Ele viajou dos Estados Unidos para Tóquio e, de volta, em um período de 30 horas. Quando ele voltou, tinha um manuscrito pronto para entregar.

Como Shankman diz, "Trancafiado em um assento sem nada à frente, nada para me distrair, eu só tinha os meus pensamentos." Nota: ele também credita ao espresso tamanho garnde que ele bebeu entre voos como parte do processo criativo.

Com o objetivo do trabalho profundo na mente, estão aqui algumas dicas que você pode decolar junto com a sua produtividade, em sua próxima viagem de trabalho.

Dê um tchauzinho à conectividade do céu

viagem de trabalho

Dados os fatos a respeito dos benefícios do trabalho profundo, por que se estressar com disponibilidade de Wi-Fi no avião? Se você planejar, não há necessidade de conexão.

Faça o download de documentos e e-mails offline. Tire fotos de páginas da web. Coloque todas as suas notas em um aplicativo de desktop que não requer conexão à Internet.

Dê a si tarefas que você pode fazer em qualquer software offline, como arquivos de texto ou algo que requeira somente revisar trabalhos já iniciados, que você pode imprimir ou fazer download. Assim, a falta de conexão não será um problema.

A boa notícia é que o Trello agora funciona no modo offline em seu celular! São mais de 20 ações disponíveis no modo offline, incluindo adicionar novos cartões ou quadros em seus projetos, reorganizar materiais existentes, gerenciar membros e até mudar datas e textos. Imagina conseguir atualizar a equipe depois daquela reunião importante em outra cidade assim que pousar? Agora é possível: a sincronização de atividades ocorre assim que você conseguir acesso à internet.

Um backup para seu notebook

A imagem padrão de alguém que trabalha no avião, em uma viagem de trabalho, envolve um laptop no encosto à frente do assento, mas não precisa ser assim. Mesmo se você está priorizando projetos que envolvem o seu laptop, sempre leve consigo projetos que não necessitem do aparelho.

Imprima artigos ou coloque no papel o que você precisa ler. Leve anotações e adiante o que puder até ter, novamente, um notebook diante de você. Sem falar que um bom livro sempre ajuda a passar o tempo e a complementar os conhecimentos em um projeto.

Conheça a si mesmo

Você é uma pessoa matinal? Uma coruja da noite? Gosta de dormir depois do almoço?

Compare suas horas mais produtivas, quando você estiver no aeroporto e no ar, e ajuste suas expectativas de produtividade de acordo. Não é justo para si mesmo esperar que você vá elaborar todo o relatório anual durante o seu voo quando ele iria demorar menos tempo em seu ambiente de escritório controlado.

Seja realista sobre o quanto você pode realizar em um ambiente de avião durante a duração do seu voo - e não se esqueça do período de organização entre decolagens e aterrissagens.

viagem de trabalho

Considere tudo um bônus

Às vezes, você não vai ter esse luxo, e só terá aquela sensação de “preciso faze isso a qualquer custo” nas mãos.

Mas isso deve ser o último recurso. Com a mentalidade certa e planejamento, você pode evitar esse estresse. Em vez disso, pense em tudo o que você faz no avião como um bônus.

Mantenha as tarefas essenciais para o aeroporto ou o seu quarto de hotel. Mesmo um café em sua cidade de destino é mais previsível do que o seu voo. Priorize a sua lista de tarefas de tal forma que deixe apenas as tarefas "seria bom fazer isso também" para o avião.

Pronto para decolagem

É reconfortante saber que você ainda pode ser produtivo em uma viagem de trabalho. Como todos os frameworks de produtividade, a chave para a produtividade no avião é fazer sua pesquisa e conhecer suas próprias capacidades.

E, como qualquer rotina de produtividade, permita-se uma folga, se você não for tão produtivo como você esperava em seu próximo voo. Todas as rotinas de produtividade se beneficiam da experimentação, testes e ajustes.